Vera Lyn Poeta

A arte é Divina, é a salvação. A arte nos poe mais perto de Deus. v.l.p

segunda-feira, dezembro 31, 2012






A morte é um flagrante desonesto, mas de repente, podemos engatilhar segundos antes dela. Passará raspando, será por um milésimo > mas eis a vida.

Precisamos das flores em nosso caminho, não que nos cubram tão cedo.
Tentar estar no lugar c
erto, hora certa, pessoa certa...Eu, vou tentar.

Da minha parte, faço questão, de continuar esse quinto ano novo da minha vida, em renascer; paz interna que me cura. Amor eterno que persigo sem medo.
E, é com essas mãos voadoras, que pretendo continuar colorindo o cinza.

Paz sobre a terra não é um sonho. Essa paz existe, e é para quem precisa dela.



Vera Lyn Poeta

Foto: Bob Dylan e Allen Ginsberg,
recitando poema diante do túmulo
de Jack Kerouac

  

















caminho à minha rua.
muitas vezes não olho para os lados, menos para trás.

se despencar caio sozinha, nenhuma vitima minha;
de prisão não vou sofrer.

choroso constar, mas é o que tenho para hoje em diante.

enquanto o circo pega fogo, tento de amor morrer.


Vera Lyn Poeta
 

sexta-feira, dezembro 28, 2012

Fabiano Pereira



por: Vera Lyn Poeta

Eu, consegui!!!



















"Eu, conseguiiiiiii...!" - grito em tonelada de força, que sai de dentro agora...!

Não, eu não enlouqueci de vez, ainda não!!!

É realmente, uma longa história de amor, que só caberá às
palavras em LIVRO, pelo 2013 > se Deus assim o permitir!

Nem todo sofrimento, definha de vez uma pessoa, quando
essa pessoa, alcança-se em pura ALMA!

Vale a pena tentar, gente.
Vale a pela viajar nas asas dos sonhos, com o pulso suado
de tanta vontade e procura...

Deus, deve ter se comovido a tanto desespero..Passou!
Eu quero mesmo, é Luz; amor dentro do peito > até sangrar!



Vera Lyn Poeta

Se me odiu, bem sei. Só não entendo...






Andei, esboçando leves sorrisos, àqueles que por cargas d'água me odiou, não sei....
Por cada amarelo e quase inseguro sorriso > uma leitura de alma aos olhos meus.
Nada, passou em branco. Tudo foi tijolo na construção...Deus, estava ali.
De coragem em coragem engoli em alma, cada pessoa;
Na visão em terceira, o sol é luz a retratar. A noite, é braço amigo. Chuvas, são
banhos de mar.

Que Deus não permita, e sacramente-se aos incrédulos em ressurreição > ainda pulso quente: vida.

O amor pode proteger porque o amor não usa em sua linguagem mesquinharias em vinganças.
Traz consigo o verbo amar: eu, tu, ele, nós, vós, eles > viveremos por amor...pelo
amor; amar.

Meu pai, e minha mãe desapercebidos, estiveram naquele dia à copular poesia, eu sei.





Vera Lyn Poeta

A vida, é um laço > em abraços....














Joguei duro com a vida; muito duro mesmo!
Aos poucos, fui perdendo essa essa força subjetiva...onde o guerreiro,
morre no fim, condecorado e esquecido, antes de terminar à história...

No sobressalto, suada e trêmula, percebi que a vida não é jogo.

A vida, é um laço em abraços, comunhão em harmonia, e dispor.

A vida, segue serena num todo dia em Paz e muito Amor.



Vera Lyn Poeta

sexta-feira, dezembro 21, 2012

Jesus Cristo; Jexua, Kristos, Maxiah..Messias Ungido!














O nome JESUS CRISTO vem do hebreu Jexua - Deus é o seu auxílio -, e  
do grego Kristos _ Cristo -,  tradução dada ao termo hebreu Maxiah - Messias - 
Ungido.

Sua existência histórica é admitida pela totalidade dos crítico sérios.

A moldura geográfica, o contexto político-social e religioso de sua vida, são
perfeitamente definidos e resistem à comparações com dados coevos e
informes arqueológicos.

Jesus Cristo o Salvador, o Filho de Deus feito homem com a missão de sofrer
e morrer como os homens, e resgatar com seu sacrifício, os pecados da
humanidade.


Vera Lyn Poeta

Porque o amor brota do que foi semeado ontem













Quem odiou o amor,
culpou o amor,
devassou o amor com a foice da leiga ira...
...perdeu-se ao amor!
Porque o amor nasce de repente.
Seja uma simples palavra que quase > cura..
Um olhar que toca a alma, e alumia...
Um sorriso chorado que vem de longe, e já > brilha..
Porque o amor brota do que já foi plantação ontem.
Fazendo desses DESEJOS renascido e renovados, toda
revolução..!
Melhor, não culpar o amor....

Amo o sol pela noite; pelo dia - a amada Lua;
mantê-los vivos hei, por seus tempo em descanso.




Vera Lyn Poeta

Tocando em frente





Eu, sou livre, estou próxima de Deus; perto, junto.. porque SEI que estou.

Nenhum homem me disse.. porque todo meu sofrimento e alegrias > já dizem; bençãos cobrem meu 

mundo > à cobrir o mundo do próximo, e irmão.

Supliquei à Deus Pai, toda liberdade em Livre Arbítrio....porque não pertence à outro homem > toda essência que é só minha.

Em meu presépio, além da manjedoura, estão meus discos e meus sagrados vícios, todos redigidos em
amor, e pelo amor que a mim pertence.

Bravamente, vou pelo que me TOCA em frente...> o amor.
Sigo, assim, até o fim dessa doce caminhada.





Vera Lyn Poeta




quarta-feira, dezembro 19, 2012

Chico Buarque



“A saudade é o revés de um parto.”

<Chico Buarque>




por: Vera Lyn Poeta

Thomas Hobbes

“Estou para realizar a minha última viagem, um grande salto no escuro.”

<Thomas Hobbes>


por: Vera Lyn Poeta

Comungar a vida de dentro para fora, é um prazer sem limites!

Despertada, bebida de cafézinho preto, poesia na cabeça, músicas para "trilhas" sonoras,
Vou somando junto à multidão mais um dia em intenso espetáculo!

Comungar a vida de dentro para fora, é um sem limite de prazer em êxtases;
tremores repentinos em adrenalina pura,
que saltam em piruetas abrindo passagem, para mais esse dia...!

A vida, bela vida, prossegue em êxito.
Sigo, dando bicas com força, em pedras!




Despertada, bebida de cafézinho preto, poesia na cabeça, músicas para "trilhas" sonoras,
Vou somando junto à multidão mais um dia em intenso espetáculo!

Comungar a vida de dentro para fora, é um sem limite de prazer em êxtases;
tremores repentinos em adrenalina pura,
que saltam em piruetas abrindo passagem, para mais esse dia...!

A vida, bela vida, prossegue em êxito.
Sigo, dando bicas com força, em pedras.




Vera Lyn Poeta


Clarice Lispector, dirigindo-se ao seu cão "Dilermando":






“Nenhum ser humano me deu jamais a sensação de ser totalmente amada como fui amada sem restrições por esse cão”.

por: Vera Lyn Poeta


Todos os dias, enfio minha colher onde sou chamada, e não..!
Todo dia eu encaro um pouco > à vida; estabeleço um diálogo
sem formalidades - como quem nada quer...E, a vida sabe
perfeitamente de minhas intenções; sorri a vida, e me dispõe..!



Vera Lyn Poeta

Paulo Freire, disse:






No meio de tanta gente, existem pessoas querendo nos distrair; 
tirar-nos à atenção; 
nos movendo em dois palitos que se come,
arroz branco em japonês.

Não suporto em meu eixo > a manipulação.  Mesmo porque, desconectei
esse macete > fruto da perversão...!

Aqui em casa, "todo mundo é bamba; todo mundo bebe, todo mundo samba".
 
Vera Lyn Poeta 


Ouvir clássicos em rock in roll, cravados no tempo, e eternizados.
É como se estivesse voando; indo para o lugar de referência do coração; 
onde o coração QUER estar!
Olha para mim, Deus! 


John F. Kennedy


terça-feira, dezembro 18, 2012


Eu quero essa linguagem que me envolve, devolve, e prumo.
Eu quero a língua dos anjos na boca dos homens > que sou,
também nós.... > povo!
Vera Lyn Poeta

Exaustiva caminhada; longo é o percurso..!























Nada, poderá nos por contra essa ânsia em viver; pensar cosmo infinito!
Ter o infinito à esvoaçar cabelos ao vento; paradigmas à reconstruir.
A natureza tem o equilíbrio no comando de tudo-tudo que é "preciso".
A gente, tem o dever de colocar o coração adiante; Deus sobretudo por
essa exaustiva caminhada, e longa...
Humildade e simplicidade > cabe à seres ricos de tanto amor; amar..nesse
raio longínquo de sentimentos > que tornou-se uma causa orgânica, já!

Se preciso for, espremo em exata loucura todo meu cérebro, subo a ladeira,
De lá, lanço meu quase último suspiro de vida, e grito que é amor tudo
que sinto.
Tudo que preciso sentir; que condenei-me à sentir amor para poder viver.

Janis Joplin in Concert - Friday, October 17, 1969....

.........at 8:30 pm
Gregory Gymnasium
$ 4.00 ...!





vera lyn poeta

O anjo que me toca, é o anjo que me tem....!



Acaso, alguns desejos em minha vida não passarem de apenas sonhos.
Resguardarei-me em partida, na sensação maravilhosa de que pude romper atravessando-me em poesias.
Manifestando tudo em puro transpor; vivendo e transbordando em exagerados "reais" suores do poder  por amor.

Qual anjo me toca > é o anjo que me tem; e eu sigo, de cabeça virada em nuvens,  pés pelas estrelas, e
fazendo de estrada a amada lua. Eis meu universo.


Vera Lyn Poeta

sábado, dezembro 15, 2012

Acorda, encanto....















tap-tap...tap..Acorda encanto!
tap-tap...tap..Levanta encanto!

Vem lançar magia, vem..
Volta-te à seduzir encanto..

Meus olhos querem, mas não te vê.
Coração ainda dói, mas não procura você.
Há um esquecimento.

tap-tap...tap...hum, está morto o encanto..


Terra!




Amei demais, ter conhecido este lugar,
nesse longínquo chamado tempo,
nisso tudo que pouso em asas,
e sinto que é terra;
aqui, é a terra..!

Vera Lyn Poeta

Amizade


  
Que toda amizade seja laço leve, com o peso de um lenço em seda pura..!Que todo amor, seja seda pura.

Vera Lyn Poeta

domingo, dezembro 09, 2012



devoro palavras!
devoro palavras!
eu manuseio palavras até 36 horas seguidas, e penso por elas;
tenho cheiro de palavras; eu as devoro num ambiente de puro papel com luas..sempre amei papéis..! Já mastiguei papel..
eu amo todas as palavras!
eu, escrevo sem parar, o dia inteiro, pela noite, uhaaaaaaaaaaaaa!
carrego, palavras no bolso - não quero nem saber!



Vera Lyn Poeta



Há dias ando com pressa de viver...!
Então, estou abusando e lambuzando-me de, e em palavras!
Palavreados até pelas paredes!
Ontem, no momento da torrencial chuva que houve aqui, meus
olhos se puseram-se a escrever poema!
Chuva forte que parecia laço; água da esquerda e água da direita, e ao meio; ventanias, relâmpagos e trovões: à natureza em delírio mostrando a raça...!
Arrepio!

 

Vera Lyn Poeta

 



"
"Eu aprendi": arte.




Woodstock '69 ...Templo do amor em justa liberdade! Woodstock '69






Vera Lyn Poeta
 


Nunca mais ficarei ouvindo algum filho da puta fala sobre mim, para mim!
Eu, alí, com a cara pálida; uma dor desgraçada comprimindo a garganta;
porque necessáriamente, estive controlando a mão da pohada !


Vera Lyn Poeta
 
 

Há dias ando com pressa de viver...!

Nada, poderia ser mais cruciante; dolorido se preciso fosse, pedir permissão ao homem, para chegar-se ao céu....resguardar-se por infinitos...!
A parte dura, a parte fria meu Deus; a parte que habita o desacreditado?!

Vera Lyn Poeta

Cora Coralina...!


Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça.


<Cora Coralina.>

Vera Lyn Poeta Anjo da noite. Anjo da solidão. Anjo da solidão em plenitude. A noite é minha sala de estar...! Eu, amo o anjo da noite; gatos pardos e alegrias..!
 
 

Patti Smith...!







Nada existe de mais difícil que entregar-se ao instante.
Esta dificuldade é dor humana.
É nossa.
Eu me entrego em palavras..."


<Clarice Lispector>







Vera Lyn Poeta
 
"Te­nho que ter paciência para não me perder dentro de mim: vivo me perdendo de vista. Preciso de paciência porque sou vários caminhos, inclusive o fatal beco-sem-saída."

<Clarice Lispector>



A lua cheia que me põe febríl...!



Acendo todas as luzes por onde caminho, para poder ver e sentir junto a sombra mística da vida > por onde ando eu.

Sinto carinho imenso, por esse turbilhão de segredos naturais que enfeitam minha cintura!
Voar, tem que gostar....




Vera Lyn Poeta

 

Clarice...!



''Estou um pouco desnorteada como se um coração me tivesse sido tirado, e em lugar dele estivesse agora a súbita ausência, uma ausência quase palpável do que era antes um órgão banhado da escuridão da dor."

<Clarice Lispector>








Vera Lyn Poeta

Bessie Smith.....:imortal amor da minha vida!

"É uma longa estrada velha, mas eu sei que eu vou encontrar o fim."

<Bessie Smith>
-cantora de Blues/Jazz-
-1892/4 - 1937-







Quando ouço Bessie Smith, então estou em casa; e é sim, à outra existência. Dificil
descrever porque é só sentir.

Sua intrigante voz  transpõe-me, eentão estou
 estou lá... de volta para casa...


Vera Lyn Poeta
    

Jim Morrison, disse sobre a morte:






"Morte, faz anjos de todos nós e nos dá asas onde tínhamos ombros, macio como garras de Raven. "

<Jim Morrison>
"Rei Lagarto"
"Mr. Mojo Risin"



Vera Lyn Poeta


black birds >>>> the raven!
 


Sobre o sexo, Jim Morrison, diz:

























"Sexo é cheio de mentiras. O corpo tenta dizer a verdade. Mas, geralmente é muito punido com regras a serem seguidas, e amarrado com pretextos tão difícil, que você nem pode se mover. Torna-se paralisado nos com mentiras."


<Jim Morrison> .."Rei Lagarto".."Mr. Mojo Risin'



Vera Lyn Poeta /
 

Jim Morrison - Feliz, estadia no mundo....!...em 08/12/2012 - 69 anos!




"Chá de morte vai ocorrer apenas uma vez; não me quero perder."


<James Douglas (Jim) Morrison Clarke.
-París, França, 03 julho de 1971
-Melbourne, EUA, 08 dezembro de 1943.
"Rei Lagarto"
"Mr. Mojo Risin'



Vera Lyn Poeta
 

Janis Joplin, o unico amor certo da minha vida..!

Faço festa para meus ídolos aparente mortos. Porque não acredito que eles estejam mortos. Caso estivessem, eu também estaria. Mas, eu sinto o sangue quente pelas minhas veias, ainda!
E eu estou muito lúcida, apesar de estar fora!



Vera Lyn PoetaTrajetória
 



Ainda danço muito; dos ombros para cima, até a cabeça, que segue o ritmo alucinante do rock in roll blues..!
 
Então, posso sentir todos os instrumentos e descobri-los a seguir. isso, é maravilhoso, porque você vai poder ouvir, ver e sentir o que de real a pessoa

que canta, está dizendo.
É, uma nova experiência para mim, e eu mando muito bem!


Vera Lyn.

Humphry Osmond (1917 - 2004):





introduziu o termo psicodélico em uma reunião da Academia de Ciências de Nova York em 1957, descrevendo, o já referido, significado da palavra psicodélico como "O QUE REVELA A MENTE" e o definiu como "
CLARO, SUAVE E NÃO CONTAMINADO POR OUTRAS ASSOCIAÇÕES".



Sinto carinho imenso, por esse turbilhão de segredos naturais que enfeitam minha cintura!
Voar, tem que gostar....

Vera Lyn.

quarta-feira, dezembro 05, 2012

Chamarei de lembrança, tudo que não deu certo..!



foto: Vera Lyn


Incrível, é você constatar agora, que TUDO que não deu certo em sua vida, foi porque NÃO era para ser, mesmo!
Não podia. Não devia. Não seria...
Sim, ao novo tempo não caberia; à você por teus espaços..!
Penso sempre em tudo. Reflito sempre por tudo. Concluo que
não navego nessa praia sozinha; há além de mim.

 

Vou chamar de lembrança, tudo que não deu certo.
Irei acumulá-los em nostalgia, pelo tempo que se fecha em cinza para abrir-se em chuvas.
Então, direi ao olhar: "doce, melancolia.."





Vera Lyn Poeta


 












Recito poemas como quem deita sobre nuvens;
chegar mansa até Deus,
viajando em ondas pelo cosmos infinito!

Vera Lyn.


janelas, para o céu infinito...














Tenho janelas abertas pelos miolos; mente transparente fluindo acima;
contato louco, sonífero em slide que aspiram em formas cônicas....
É, imprescindível que meus olhos fechem e eu entre em contato.
Extraio, poemas do céu.


Vera Lyn Poeta


hoje, eu queo a rosa mais linda que houver....!





Janis Joplin, por toda minha vida; seus astral
que me alumia...!

Vera Lyn Poeta

in the roses....

minha vida abriga todos os escândalos da arte imortal;
que passou como respingos furacões pelas pétalas...  The Rose's vermelhas!
quero, beber o mundo!

Vera Lyn.

Sei lá, o que se passa pela cabeça dos outros...!

Ainda vivo pela mentalidade "deles" que tão cedo subiram....; tentando entender 

se ligar a minha própria mentalidade...

Vera Lyn Poeta


narciso, a flor de dezembro









 
 
 
 
houveram quinze dezembros que me mantive morta;
sobrevivendo do descrito pelas linhas de poemas,
que criou-se solitários em mim...

Vera Lyn Poeta

domingo, dezembro 02, 2012

Teus olhos, lírios...!





Vagueio pelo teu rosto,
à dedos moldo cada traço, linhas que realço...

olhos de lírios..!


olhar de morro; morro nos teus braços - acender,
e tudo se faz nuvens e espaços,
braços,
abraços,
Calor intenso..!
Colibris,
borboletas,
flautas e cílios.....me entrego, e não me canso!

Vera Lyn Poeta

sábado, dezembro 01, 2012

Tristezas, de mim...














Mesmo, que fosse a criatura mais feliz do mundo, ainda assim,
exporia a tristeza...!
Explorando fundo todo seu descontentamento febril; purgar morno
que banha minha tez; por seu silencio que me encanta em marra,
Fazendo meus olhos chorarem compulsivos; indestrutível visão de solidão..!

Mesmo, na pele do sorriso que morre ao anoitecer em madrugadas, ainda assim,

vestiria em pele da loba louca - toda tristeza....em Arlequim, só para instala-la,
suá-la e derramá-la assim: livre!


Tristezas!
Tristeza, de mim.
 
 
Vera Lyn Poeta