Vera Lyn Poeta

A arte é Divina, é a salvação. A arte nos poe mais perto de Deus. v.l.p

sábado, junho 29, 2013

Cazuza: "Não adianta desperdiçar sentimentos....


Sou uma pessoa desesperada!
..embora, um perfil manso, existe o profundo transpirante;
ouvinte e angustiado delirante.
Move-me secreta, um turbilhão sub profundo; uma indigestão não calculada.
Espanto moscas, que ainda, nem pousaram sobre minha pele...

Vera Lyn Poeta


confesso,

Pela manhã, uma tristeza chorada. 
Nem sei porque,
um caudaloso rio de lágrimas.
Pela noitinha, uma alegria voraz. 

Nem sei porque,
tanta risada.
O entre meio, eu não vi. Eu não sei.



Vera Lyn Poeta




Nossos segredos,
Ahhh, os nossos segredos entre livros!
....e tapetes,
e músicas,
e poltronas cheias de esperas!


Vera Lyn Poeta

Moderada, 
aprendi que o que vale a pena, não nos exigem em sacrifícios.
Existe empatia, cultuar unindo, atando e se entregando.

Existe um louco desespero pelo encontro à chegada,
e o laço do eterno;

ponto no infinito.


Vera Lyn Poeta

Quem é, está junto; nunca caiu fora, nem por mero descuido.




















Se quisermos mesmos, evitar lembranças ruins do nosso passado, devemos fazer trato sério, com esse presente.
Afastar do caminho, subtraindo à força, tudo e todos!Esses, que carregam em suas línguas maldosas, e soltas, ainda cérebros não evoluídos, situações críticas nas quais, estivemos envolvidos um dia.
Tentar realizar-nos num futuro um tanto incerto, e ainda ter que carregar sombras em pesadelos, é uma situação dolorosa e inútil.

Esperar o dia do azar, para ganhar em resposta à decepção, é melhor renunciar desde já.

E, que venham as flores, diante da necessária capacidade em fé e coragem, na qual devemos nos desdobrar, e com sucesso em êxito.

Todo rancor, toda desilusão, toda dor em abandono, são gerados pela falta da necessária renúncia.
Quem é, está junto; nunca caiu fora, nem por mero descuido.


Vera Lyn Poeta

Inútil, apegar-se ao que não dá-se em apego


Conheço pessoas, que estão sofrendo e muito, porque vieram a apegar-se em algo, cujas infelicidades, não lhes tem em respeito.
Não acredito mais, nesse tipo de relação dispersa, e friccionada em preços. Todo amor, vem da graça de ter sido gerado pela beleza de uma sã convivência.
Se, existem preços a pagar, dentro de uma troca em que alguns saem perdendo, há o desenlace; é uma convivência mentirosa, para grego ver; sociedade tal coisa e tal.
Inútil, apegar-se ao que não dá-se em apego!; que não dá-se em liga. è confuso, e gera a maldita depressão.

O pó da mentira

Penso, que quando nos dispomos a conviver com pessoas, seguindo em nossos divergidos pensamentos. Devemos deixar em casa, e bem guardado, nossas ínfimas opiniões. Truculento, é  impor as pessoas, coisas aparentes, e que nos mostrem em certo sucesso dentro de nossos ambientes casa; parcerias/love, filhinhos bonitos, bem apanhados, e angustiados vivendo verdades abstratas, à derramar-se.

O que pode ser magnífico pra um, é péssima alternativa para outro. Receitas de felicidades, não se passa. Mesmo porque, jamais ouvi dizer que a tal felicidade esquentasse qualquer banco.

Como disse Clarice Lispector, uma escritora que levou uma vida completa, mas que jamais desapercebeu seu entorno:
"não sei me entregar à desorientação."


Vera Lyn Poeta


quarta-feira, junho 26, 2013

Torna-se crime hediondo, a corrupção, no Brasil.

Senado aprova projeto que torna corrupção crime hediondo

Aiuri Rebello
Do UOL, em Brasília

Atendendo a um apelo da presidente Dilma Rousseff, o Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em votação simbólica, um projeto de lei que transforma a corrupção ativa e passiva em crime hediondo. Com isso, esse delito passa a ser considerado tão grave quanto homicídio qualificado e estupro, por exemplo. Na prática, as penas serão mais severas: de 2 a 12 anos passarão a ser de 4 a 12 anos de prisão.

O projeto também enquadra a prática de concussão (recebimento de dinheiro indevido e obtenção de vantagens por servidor público) como crime hediondo. A pena de 2 a 8 anos de prisão para este delito passará a ser de 4 a 8 anos.



#VemPráRua








Vera Lyn Poeta

imagens: Facebook.


Janis Joplin

 ........infinita energia! Cósmica e triunfante!
Minha querida, mudou a foto de capa dela hoje, via facebook!
Sempre, na intensidade do brilho! Dai-nos, Janis Joplin, sempre tudo!
Thank you, Janis!



Com todo o meu amor, Clarice Lispector!

"Ficamos sem saber a essência do mistério.
Ou o mistério não era essencial,
era Clarice viajando nele." 

<Carlos Drummond de Andrade>


Dias, são horas...fatalmente não cabendo toda nossa emoção.
Entardecer, em frio tempo chuvoso.
Aproveitamento, para me amar um pouco mais.


Anjos, e estão pelos céus infinitos....!

O segredo de uma magnifica convivência, cuja pode levar-nos à saturação, é não desistir nunca de nossos inflamados sonhos em objetivos/ alcançar!

De um lado, nosso sorriso amarelo que pode nos convencer. Do outro lado, o êxito por ter tido paciência.
Tudo passa!
A gente segue portanto, alimentando nossos sonhos que nos geram em vida; viver tão somente.
Obrigada, Deus Pai e poderoso, pela compreensão.
 

Pessoas, todas elas tem suas preferências.
Nós, temos nossa vida que vale ouro, à cuidar.
Nós, temos nossa alma que é o íntimo à alimentar.
Portanto, não desviar do caminho à contentar, é precioso demais.


Vera Lyn poeta


Perseguimos tanto o amor....!
Sonhávamos que esse bem ao nosso lado, nos ouvindo pelo silêncio;
fechados olhos, corações batendo em simultâneos ritmos, sem pressionados à convencer tamanha comunhão.

Amor de sonhos? Sim, amor de sonhos!
.....e, a poesia é minha mãe!
 

O traje da loucura, trouxe consigo, verdades que não morreram jamais.
Dedico ao tempo, todo amor que posso sentir.



vera lyn poeta

Para: Janis Joplin!


Penso, e salto insanamente lúcida, todas as dores que tanto feriram meus ídolos!
Sigo, por suas percepção que se fizeram eternas.
Agora, sabemos que não devemos nada prá ninguém.
Eis, a vida!
Janis Joplin, voz que encantou e estraçalhou o coração de multidões, tenha um eterno descanso em paz de espírito.
...e, foi assim, que se fez Amor e Paz em música, pela vida!
Soul, é o teu nome.


vera Lyn Poeta


Que, entendam sim ou não.
Que, aceitem sim ou não.
Quando a terra se une ao céu para viver de amor, um grão basta. Um grão é semente que gera vidas.
Talvez, os loucos venham povoar um novo universo.

Vera Lyn poeta
Tempinho ruim que ficou para trás, graças a Deus!
"Bendito seja vosso ventre, Jesus!"


Toda nudez de uma total liberdade é mental, é de cabeça feita!
Saímos às ruas, como se estivéssemos mesmos, despidos de roupas em padrões!
Pessoas, não vê isso; nossa auto estima vê!
hihihihi...pelados, nus e com as mão nos bolsos.
Vera Lyn Poeta
Já bati muito, em várias vezes, minha cabeça contra paredes
Isso, não digo literal; socava mesmo a cabeça na parede dura, fria, e sem sentimentos nenhum.
Vejo hoje, que era uma forma troglodita de me punir.



Vera Lyn Poeta

Ansiedade vadia!

E, é uma doença rebelde cuja, trago-a no pulso forte do tratamento, pela psiquiatria.
Fazemos um duo perfeito; ela insiste e eu a arrebento; cada dia mais um dia,
cada passo mais um caminho a seguir em frente!

estou no lucro.


Vera Lyn Poeta

Depressão, a monstra de sete cabeças, todas porém vazias!

Depressão, a monstra de sete cabeças, todas porém vazias!
Traz em intenção, engolir gente ainda viva. Atentar-se e descobri-la,
tratá-la à sua baixa altura - joga na pilantragem, e joga sujo - porém desmerecê-la e vencê-la, é justo.

O sol que nasce agora, ainda pela aurora; doce brisa de manhãs, traz a visão de algo lindo, jamais visto!

É preciso buscar forças internas, em intensa coragem, pra poder permanecer em pé, nessa vida.
Tudo, se torna possível quando se crê.


Vera Lyn Poeta

"Tu és metade vítima, metade cúmplice, como todos os outros."

Assustada, é essa a palavra! Pois, vem da solitária infância tamanha indignação. Onde via com meus olhos, todo o preconceito, toda discriminação. Fator cor de pele imperando lá em cima! E, éramos todos tão iguais...sobressaindo-se ao caráter; a maioria sem nenhuma piedade, sem o coração.
Nunca abastecidos em amor, pois não conheciam a misericórdia, nem aceitavam em verdade, que somos todos irmãos.
Costumava atentar-me à fúrias de adultos: "Meus filhos, não brincam com filhos sem pai!". Ora: "Não quero ver vocês com essa gente do mundo" - black-out da imposta religião.
Realmente, alguns dos filhos dessa educação, nos governam agora. Velhos caquéticos de tanto pudor despudorados, falsos moralistas exagerados. Portanto, continuam sendo gerados pelos berços da criação; amaldiçoados e impostos - velhos conceitos. Seguem inclusive, caminhando pelas cadeiras da educação. Pudera, Deus, TODOS tentassem enxergar mais coração!!!

O mundo inteiro pira, e de quem é a culpa?
A culpa absoluta, é da ignorância cega que nos conduz. Cuja, abrigamos no mais íntimo, como se fosse uma arma contra a verdade que jamais queremos ver. Porque a verdade, é realmente a única sensata dor.

Vera Lyn Poeta

Toda renuncia sem culpas, todo desapego sem medos!

Retiro-me a qualquer título. Sinto intimamente, por células em veias/corre o sangue,
Que somente eu hoje, posso me fazer realmente feliz.
E, que todos os beijos e abraços, entorpecidos pelas palavras redigidas em amor,
fica sendo o complemento. Estrada que plantou sementes, e viu a terra se abrindo, a dar passagem, que surja o broto em alimento ou flor.

Toda renuncia sem culpas, todo desapego sem medos, ainda é o melhor remédio.

Fantasmas, melhor não remetê-los ao presente.


Vera Lyn Poeta

E Deus, tem em mãos, todo amansar

No tempo ainda da não sabedoria, dizia que um dia riria muito da cara dos mal ditos! Coisas de um coração ressentido.....
Esse dia chegou, e os mal ditos se encontram muitas vezes, chorando pelo meu ombro.
O meu coração, de um tamanho ainda desconhecido por mim, cúmplice do amor em afeto, se entrega leviano e aposta na compreensão.
A evolução espiritual, é o maior contato que podemos ter com Deus.
E Deus, tem em mãos, todo amansar; luz evoluída, luz que enxerga além.



Vera Lyn Poeta


terça-feira, junho 25, 2013

Com o tempo, descobrimos um baita mundo dentro de nós.
É esse, o mundo perfeito!!!!....Intransferível loucura, tamanha que é!



Vera Lyn Poeta


domingo, junho 23, 2013

Fogo, no Brasil! ....Titãs....!

A força deles aqui em baixo, não estava na língua ao falar; falar, e falar!
Estava no pensamento ao pensar; pensar, e pensar!
Enquanto "eles" lá em cima falavam, falavam, falavam.....os daqui, pensavam, 

pensavam, e pensavam!
Tamanho, resultado!

Venha para a multidão, Presidenta Dilma!
Acredito piamente, que a senhora pode! 


Vera Lyn Poeta

Como uma criança, alimento meus sonhos.
Com o olhar de uma criança, insisto em ver o mundo.
No esboço do meu maior projeto/vida, faço-o como se estivesse ainda, brincando pelo quintal da casa de minha mãe.
Me asseguro, que é mais fácil ser gente grande, usando a criatividade infantil.
E, como uma criança ainda, sigo minha trajetória.

Vera Lyn Poeta
No entanto, e apesar de tudo, a consciência acorda movendo-se por àquela engrenagem que ontem, suou em bicas.
Tempos da revolução íntima. Do acordar em si, sentindo-se profundamente ao toque transpor. Encontrando-se no após, e constando-se alma vivente, pela terra tão populosa.
Além de não sermos mais os mesmos, criou-se uma linha invisível, cuja não estará mais, sob nosso poder de persuasão. Rompe-la a contento, em acontecimentos? Não mais!
Todo dor, foi o amor cultivando ao seu modo, à poesia.
O amor, venceu.


Vera Lyn - Feliz dia de domingo, a todos!

sexta-feira, junho 21, 2013

Governantes do Brasil, nos respeitem pelo amor de Deus.


De olhos cansados, coração abatido, pés quase vencidos,
ando por ai....
Ontem, estive num lugar como esse. Vi, pessoas aguardando em possibilidades;
permanecidas em silêncios, cabisbaixas e desistidas, seus próprios direitos em saúde, e pela vida.
Não se ouve sopro em falas...somente tristezas e solidão. Sabedoras de um país rico,
milionário de imponentes estádios, LATEJANTE de tanta CORRUPÇÃO.
Como poderemos seguir em luta, dentro de um país divido, e em choque de tanta opinião?
De um lado, os engravatados que tem o dever de nos defender, avançam para nos matar ao se protegerem.
Onde aprisionaram suas juras à Bandeira Nacional do Brasil?
Porque mentiram em seus palanques, ao esconder; camuflar seus poderes de fogo?
Porque nós Brasileiros, que não desistimos nunca, estamos cada vez mais, adentrando
o fundo do poço da pobreza?

Governantes do Brasil, preferem referir-se às manifestações em protestos, como ataques ao governo. Sendo que na verdade, é somente uma luta por direitos. Cujos, deveriam chegar a nós povo, sem tanta parafernálias, e indignação.

Governantes do Brasil, nos respeitem pelo amor de Deus.



BRASIL....Gigante pela própria natureza!


E, a gente ainda infância, com a mãozinha grudada no lado esquerdo do peito, cantava assim,
o amado Hino Nacional Brasileiro, tendo letra de Joaquim Osório Duque estrada (1870 - 1927) e música de Francisco Manuel da Silva (1795 - 1865):

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II
Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro desta flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!



por: Vera Lyn Poeta

IMAGEM, QUE CORRE O MUNDO! Falta de respeito dos infernos!


Como pode isso? É uma manifestação pacífica pelos direitos
do povo dessa nação!!!!
Policiais não são habitantes DO Brasil? Não são Brasileiros?
Nos poupe policia, poupem-nos de suas tiranas sagas.


Quando comunico-me com gringos aqui em meu chat, eles se transmitem assim, em relação ao Brasil: "Eu, gostar football Brasil" "Mim gostar mulheres e carnaval Brasileiras...hehehehe..."
Como podemos continuar sendo representados lá fora, por banalidades em entretenimento Brasileiros? Cujos não nos gera em respeito e pão? 

Tirando, mulheres turbinadas e peladas, carnaval do capeta, também o vício decadente do  futebol - o Brasil não existe. Isso, não é meu exagero, é realidade de quem se comunica.

Estamos na capa do "The New York Times", mal representados, de novo.





vera Lyn Poeta 

Apesar de vocês, amanhã será outro dia...!

Vera Lyn Poeta

Gringos, vejam o Brasil com olhos de luta e parte da humanidade, agora!

Sempre, atentei em pavor, a forma com que outros países, enxergam ao nosso país Brasil.
Estamos TODOS dentro do nosso país, passando por radicais mudanças. Onde um povo sofrido e coagido, manifesta-se às suas prioridades.
Desminto, e pelas imagens que o mundo tem tido real acesso através comunicação, que jamais fomos bandoleiros.
A mídia comprada, levou para fora, uma imagem mentirosa, insustentável aos Brasileiros de luta; trabalhadores e incansáveis, que não desistem nunca.
Agiram assim, TODOS aqueles que adoram levar vantagem em tudo. Permaneceram assim,  irredutíveis ao se encontrarem detentores do poder..! Constrói seus castelos em meio a miséria, blindam seus carros e põe seguranças em seus portões. Vivem em condomínios fechados, comendo em covardias de enormes fatias,  merrecas em ganhos, por nós trabalhadores honestos, e mal assalariados, condicionados à silêncios, se queremos ter um pedaço de lugar ao sol.

Há 8 dias, meu coração encontra-se em pior arritmia. Me surjo em medo, em seguida à emoção. O Brasil é minha pátria. Sou mais uma desses brasileiros, que carregam a bandeira verde e amarelo, tatuada no coração.

Parabéns povo Brasileiro! Parabéns nação, que não a nação do carnaval, nem do futebol, nem dos super peitos e bundas!
Parabéns Brasil de gente honesta! De povo que vai a luta; gente sonhadora, lotadas de esperanças em fé, e alegrias, que só precisam serem respeitas pelos governos, cujos, levamos ao poder. 

Não temos satisfações a dar a ninguém , a não ser quem nos respeitem como  irmãos. Porque é preciso que saibam, que meu país não é feito de putarias, que tudo isso, foi obra da mídia, querendo levar seu quinhão.

Cairemos todos, daqui para a frente, em pé. E como gatos caçadores, pegaremos e comeremos todos os ratos.








Pelé, que é milionário; detentor de exorbitantes bens, chama de "confusões" as manifestações em nosso país, e declara:

Pelé, que é milionário; detentor de exorbitantes bens, chama de "confusões" as manifestações em nosso país, e declara:

“Vamos esquecer toda essa confusão que está acontecendo no Brasil”, encarece ele a certa altura. “E vamos pensar que a seleção brasileira é o nosso país, é o nosso sangue. Não vamos vaiar a seleção. Vamos apoiar até o final.”

Calaaaaaa a BOCA, Pelé!
Sonhei, em suados delírios, que meus ídolos da infância, defenderiam seu povo;essa gente, que lhes puseram em 'realezas'; reis pela medíocre natureza, que se vê em status carente, a arte no Brasil.
Vera Lyn Poeta

Minha saúde em xeque no Brasil; nossa saúde valendo nada!

De olhos cansados, coração abatido, pés quase vencidos,
ando por ai....
Ontem, estive num lugar como esse. Vi, pessoas aguardando em possibilidades;
permanecidas em silêncios, cabisbaixas e desistidas, seus próprios direitos em saúde, e pela vida.
Não se ouve sopro em falas...somente tristezas e solidão. Sabedoras de um país rico,
milionário de imponentes estádios, LATEJANTE de tanta CORRUPÇÃO.
Como poderemos seguir em luta, dentro de um país divido, e em choque de tanta opinião?
De um lado, os engravatados que tem o dever de nos defender, avançam para nos matar ao se protegerem.
Onde aprisionaram suas juras à Bandeira Nacional do Brasil?
Porque mentiram em seus palanques, ao esconder; camuflar seus poderes de fogo?
Porque nós Brasileiros, que não desistimos nunca, estamos cada vez mais, adentrando
o fundo do poço da pobreza?

Governantes do Brasil, preferem referir-se às manifestações em protestos, como ataques ao governo. Sendo que na verdade, é somente uma luta por direitos. Cujos, deveriam chegar a nós povo, sem tanta parafernálias, e indignação.

Governantes do Brasil, nos respeitem pelo amor de Deus.
 
Vera Lyn Poeta

Só queria, não ser mais uma criança hiperativa, em precoces diagnósticos - de perfil enlouquecido.
Sair da roda, mentalizar profundamente tudo, ainda que de olhos cerrados, é a resposta dum magnífico recomeço amém, e para sempre.


Dei a vida real o que ela pedia, em troca a vida me encheu de poesia!
Poesias revolucionárias que conta da mente, nesse mundo solitário, possuído por sete milhões de gentes.

Vera Lyn Poeta








sábado, junho 15, 2013

Patria Amada, Brasil!

 

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A DOR QUE DEVERÁS SENTE
E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

<Fernando Pessoa>

 

quinta-feira, junho 13, 2013

"Todo mundo ama um dia todo mundo chora,

















"Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz."

<Almir Sater>


by: Vera Lyn Poeta
 

...na dança da ressurreição.














Tulipas amarelas...
Visão dourada do sol se apagando pela chuva.
Estrelas amarelas surgem, estamos voando submarinos,
Somos amarelos.... como nas veias do coração;
Pálidos, em amor antigo, seguimos na dança da ressurreição.
....nos amando em rotas de fugas!


Vera Lyn Poeta

Só queria dizer: "Eu, sou poeta! Sou poeta, viu?!"

Só queria dizer: "Eu, sou poeta! Sou poeta, viu?!"
Só queria descrever o insight dá poesia...do além que vem - nostalgia;
Dias cinzas anunciando-se em doces chuvas..
Sol em gema de ouro acordando minha janela...
Segui, guardando meu coração
pelas gavetas.
Meu coração não morreu. Do casulo à borboleta.... os poemas...
a banda tocou.
Livre estou, na janela que me engole devorando-me aos sonhos.
Minha fome, tem o sabor do papel. Amém, Deus!


vera Lyn Poeta
...para a dor não doer tanto!
Reinvente-se! Salte e sacuda o pó; dá a volta num giro,
manda a merda todas as coisas que tenta apagar tua luz.
Somente sofra, se tiver talento para sofrimentos.
Caso contrário, inunde-se. Veja, estão rindo a sua volta;
bobeira, não?


Vera Lyn Poeta
Todas as vezes, que alguém tenta me fazer comer do seu prato. Fixo meu olhar na pessoa, lhe sorrio muda, e então começo a caçar borboletas!
E saibam, tenho um lindo jardim de borboletas coloridas, livres à voar.



Vera Lyn Poeta
"Eu vejo-me como um ser humano sensível e inteligente, mas com um coração de palhaço que me obriga a estragar tudo nos momentos mais importantes." 

<Jim Morrison >


Jim Morrison ...falando sobre acidente, caminhão carregado de índios, pela estrada..

"... primeira vez que senti medo… e eu penso que nessa altura as almas daqueles índios mortos – talvez de um ou dois deles – andavam a correr e aos pulos e vieram parar à minha alma, e eu, apenas como uma esponja, ali sentado a absorvê-las.

<Jim Morrison>

...então, foi assim que deixei aquelas mulheres se sentidos absolutas,
porém adormecidas,
sentadas em suas cadeiras e solitárias,
me esperando pra contar suas vertiginosas histórias.
Jamais, voltei por ali.
Precisava descobrir a vida.


Vera Lyn Poeta


quarta-feira, junho 12, 2013

Janis Joplin... todo o meu encanto!

JANIS JOPLIN, dizia:

"Existem sempre os casais. Existe Jack e Nova, Jim e Katty, mas só existe uma Janis". Ela dizia isso rindo, como aliás sempre riu de tudo, a vida toda.



Há um cansaço visível em mim por poder constar em fato, pessoas que se fecharam a si para ajudar o mundo; descobrindo um santo e cobrindo o outro....
E, essas pessoas tão maravilhosas, eu as soube mais tarde, julgadas por tiros assim, assassinadas. Depostas friamente, porque cruzaram seu caminho de benevolências, com o caminho cego e surdo da desumanidade.


Dê-nos em real discernir Deus!

Não podem constar mortos, seus filhos diretos, que aqui aportam a saudarem em paz e amor; distante da fome e da dor, o mundo.

Vera Lyn Poeta
 


Fala, Raul....toca!


terça-feira, junho 11, 2013

E nós rimos suavemente, crianças loucas Cheias de si no cérebro de algodão da infância.."

Sacuda os sonhos do seu cabelo
Minha linda criança, minha querida.
Escolha o dia e escolha o sinal do seu dia
A divindade do dia
Primeira coisa que você vê.

A vasta e radiante praia na fria jóia lua
Casais nus correm tranquilamente
E nós rimos suavemente, crianças loucas
Cheias de si no cérebro de algodão da infância
A música e as vozes ao nosso redor
Escolha eles sussurrando os antigos
Aquele tempo veio outra vez
Escolha agora, eles sussurram
Sob a lua
Ao lado do antigo lago
Entre outra vez na doce floresta
Entre no quente sonho
Venha com a gente
Tudo se rompe e dança.

Awake - Jim Morrison

por: Vera Lyn Poeta

Estou correndo..


........das pessoas, todas elas!
Mas sei, que é somente uma pequena fase...
...que dura eternamente.
As pessoas não tem culpa, nem eu.
Muitas vezes, e por não querer explicar tudo novamente,
prefiro o deserto da solidão; lugar que tem poesias e sonhos vivos.



 Vera Lyn Poeta
 http:velhaaguia.blogspot.com